Contato
(61) 98427-8832
contato@grupogestaoconsultoria.com
CEFTRU
Campus Darcy Ribeiro - UnB
Soluções
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon

Copyright © 2016 Grupo Gestão Soluções Empresariais

Introdução

 

O agronegócio é responsável pela integração de diversos setores da economia brasileira que estão diretamente ligados aos produtos e subprodutos advindos da atividade agrícola ou pecuária. No Brasil, o setor representa 23% do Produto Interno Bruto (PIB), 42% das exportações totais e 37% dos empregos nos país. Atualmente, além de uma potência na agricultura, o Brasil é o maior exportador de carne bovina e de aves do mundo. (Fonte: CNA) Sabe-se que este crescimento está intimamente ligado às novas tecnologias desenvolvidas para auxiliar o produtor dentro e fora do campo, seja relacionado a cultivos mais resistentes e produtivos ou animais que oferecem maior deposição de gordura e maior qualidade e quantidade de carne oferecida ao consumidor final. Porém, não foram apenas as tecnologias técnico-produtivas que permitiram o sucesso do agronegócio. Tornou-se necessário também aprimorar técnicas de gestão para avaliação de desempenho, pessoas, e recursos envolvidos na produção. A maioria das empresas de agronegócio do Brasil se iniciaram com uma gestão familiar. O real problema desse contexto reside na falta de controle e monitoramento ou em considerar desnecessário o auxílio de um profissional em gestão. Esses problemas podem estagnar o crescimento da empresa, pois não permitem uma visão estratégica de mercado. Neste contexto, apresenta-se a Beef Passion, criadora de gado de corte. A marca, referência em qualidade de carne e bem-estar animal, trabalha nos 3 pilares a seguir: manejo sustentável, melhoramento genético e nutrição animal. Com certificação internacional “Rainforest Alliance – Carne Sustentável” (restrita a apenas 2 fazendas no país), vencedor da premiação Corporate Sustainability Champion Award de 2017 e ganhador do prêmio “As Melhores da Dinheiro Rural” na categoria “Carne de Qualidade” nesse ano, o gado é criado em um Spa Bovino, ao som de música clássica e uma dieta saudável de altíssima qualidade.

Apesar da excelência no produto, viu-se a necessidade de desenvolver a gestão interna da propriedade, que apresentava muitas falhas, e investir em inovações. Este case, fruto do Projeto na Fazenda Beef Passion, de junho a agosto de 2017, apresenta os resultados obtidos com a criação e implementação de um modelo de gestão na fazenda, visando agregar ferramentas, tecnologias e metodologias inovadoras para consolidar e alavancar o negócio.

Desenvolvimento Neste projeto, implementou-se algumas ferramentas e conceitos atuais utilizados em gestão de negócios, adaptados à realidade da Beef Passion. As entregas que constituem o modelo de gestão foram agrupadas em 4 diferentes blocos de resultados. São eles: Software de Gestão, Gestão à Vista, Central de Documentação e Análise de Dados e Complementos. Cada bloco apresenta o contexto e a necessidade da implementação, bem como o produto e os resultados gerados.

A. Software de Gestão

 

Atualmente, há diversos softwares e sistemas que auxiliam e coordenam todo o agronegócio. A utilização de sistemas de informação no campo é responsável pelo aumento de produtividade e auxilia nas tomadas de decisão. Durante a execução do projeto, notou-se, além de problemas relacionados à gestão, uma falha na rastreabilidade do gado. Dados cadastrados incorretamente, informações faltantes, segurança comprometida, dificuldade de acesso ao banco de dados e ausência de análise crítica sobre os resultados do negócio enfatizaram a necessidade de contratação e utilização de um sistema de rastreabilidade e gestão. Após uma análise de mercado, o sistema JetBov foi o selecionado dentre 8 empresas analisadas e implementado como peça base do modelo de gestão. Resultados: 1. Acesso ao sistema da fazenda de qualquer lugar do mundo (sistema em nuvem); 2. Rastreabilidade eficiente do gado; 3. Cadastro e controle remoto de animais via aplicativo celular; 4. Controles de estoque, de produção, sanitário e financeiro; 5. Análises de desempenho (dashboards); 6. QR Code nas embalagens das carnes, mostrando a procedência do animal; 7. Sincronização com balanças e brincos eletrônicos, etc.

B. Gestão à Vista

 

Sabe-se que uma Gestão à Vista reforça a importância de uma cultura de documentação de dados, onde informações principais são colocadas à vista pois são insumos para ajudar os responsáveis a solucionar questões estratégicas e, portanto, tomar decisões mais assertivas. Portanto, essa maneira de se gerir a informação traz uma comunicação mais transparente e evidencia a importância do esforço de cada colaborador no alcance das metas do negócio. A fim de sanar algumas dores da fazenda, permitir maior rapidez e assertividade na tomada de decisão e garantir que dados essenciais passem a ser documentados e analisados de forma mais crítica, gerando resultados tangíveis, a Gestão à Vista pôde, no âmbito deste projeto, consolidar uma rotina de trabalho mais organizada na fazenda. Foram desenvolvidos e implementados 4 quadros personalizados para compor essa gestão na propriedade. Os quadros reúnem informações como rotina de trabalho, planejamento e ocorrências de atividades preventivas, corretivas e de investimento, acompanhamento de prazos, além de um controle de pedidos de insumos agrícolas (processos que envolvem mais de um colaborador). O grande diferencial é a possibilidade de os responsáveis acompanharem e gerenciarem a rotina de trabalho e desempenho da fazenda mesmo à distância.

Além disso, obteve-se:

1. Documentação e análise de dados cruciais para acompanhamento do desempenho da fazenda;

2. Acompanhamento dos resultados pelos donos mesmo à distância, através da digitalização das informações dos quadros;

3. Alinhamento mais expressivo nas equipes de trabalho;

4. Motivação gerada nos colaboradores por atingirem resultados melhores e se sentirem parte do processo.

C. Centrais de Documentação e Análise de Dados

 

O Microsoft Excel é o programa de planilha eletrônica mais utilizado no mundo. Desde a criação, na década de 80, o Excel passou por várias atualizações e upgrades, tornando-o não só popular como também robusto e efetivo para gestão. As vantagens do uso da plataforma são inúmeras, desde criação de banco de dados até análise do mesmo. Todavia, muitas empresas não possuem capacidade e mão de obra qualificada para usar correta e completamente a ferramenta Excel. No caso da Fazenda Beef Passion, a realidade não é diferente. Havia um grande número de arquivos, com a finalidade exclusiva de documentação. Apesar de muitas informações e dados cadastrados, não eram feitas análises críticas sobre o desempenho e os resultados não eram mensurados. A partir dessa realidade, através do uso maduro do Excel, implementou-se centrais de registro e análise de resultado de todo o trabalho executado na fazenda. Compilou-se centenas de arquivos em apenas 5 centrais, divididas por área e/ou conteúdo. As centrais são: Central de Gestão de Insumos, Central de Maquinário, Central de Gestão de Tarefas e Eventos (Arquivamento da Gestão à Vista implementada), Central de Fluxo de Caixa (Financeiro) e Central de Almoxarifado (gestão de todo o estoque da fazenda – medicamentos, ferramentas, acessórios, peças, etc.). Além de reduzir o número de arquivos, pôde-se padronizar as informações e gerar dashboards e análises completas de indicadores de resultados da Beef Passion.